Melhorando a Segurança do Paciente através de ferramentas da Qualidade

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Juliana Geremias

Juliana Geremias

A Gestão da Qualidade adota uma metodologia prática na Saúde, realizada através de ações que visam a melhoria contínua para a satisfação e segurança do paciente. Você sabia? 

No artigo de hoje, abordaremos ferramentas da qualidade que podem contribuir para tornar as organizações atuantes na área de saúde mais produtivas. E, assim, otimizar os benefícios e funcionalidades dos atendimentos e serviços que oferecem. 

Você sabe o que é Segurança do Paciente? 

A Segurança do Paciente é composta por estratégias que visam prevenir, evitar e minimizar resultados de eventos adversos nas abordagens de cuidados à saúde. Ela tem como principal objetivo reduzir ao mínimo aceitável o risco de danos desnecessários durante a atenção à saúde.  

E ainda, destaca-se como um dos seis pilares fundamentais da qualidade do cuidado. O que leva a uma crescente relevância global entre pacientes, familiares, gestores e profissionais de saúde, todos dedicados a proporcionar assistência segura. 

Em abril de 2013, o Programa Nacional de Segurança do Paciente foi instituído pela Portaria nº 529/2013 do Ministério da Saúde e Anvisa 

O programa visa contribuir para a qualidade do cuidado em saúde em todos os estabelecimentos de saúde do território nacional. Assim, incentivando essas organizações a estabelecerem metas para reduzir incidentes nos serviços de saúde. 

A RN 405/2016, estabelecida pela ANS (Agência Nacional de Saúde), define a Segurança como um dos atributos de qualidade do Programa de Qualificação dos Prestadores de Serviços de Saúde (QUALISS).  

Trata-se do esforço coletivo e integrado dos órgãos governamentais para estimular as organizações de saúde a implementarem metas de Segurança do Paciente. 

 O que Segurança do Paciente tem a ver com Qualidade? Tudo! 

A relação entre Segurança do Paciente e Qualidade é fundamental. Ao implementar práticas de gestão da qualidade, as instituições de saúde não apenas elevam a satisfação dos pacientes. Elas também fortalecem a segurança durante o atendimento.  

Essas práticas não só contribuem para a eficiência do atendimento, mas também para a redução de custos e desperdícios por meio da otimização dos processos. 

A adoção de um sistema de gestão nas instituições de saúde é crucial para organizar, controlar e otimizar os processos. Isso facilita: 

  • O monitoramento de indicadores de qualidade; 
  • A redução de erros; 
  • A garantia de conformidade com regulamentações e padrões; 
  • A promoção de uma comunicação mais eficaz entre os diferentes setores da instituição; 
  • A melhoria da tomada de decisões baseada em dados. 

Em resumo, assegurar a segurança do paciente demanda muito mais do que apenas profissionais qualificados. Também exige um gerenciamento eficaz dos recursos, informações e processos, ou seja, uma busca constante pela “qualidade”. 

 Já falamos sobre o assunto no Qualicast. Dê play abaixo e confira! 

 Ferramentas da Qualidade como aliadas na Segurança do Paciente 

A Segurança do Paciente envolve planejamento, organização, direção e controle. Os princípios de gestão da qualidade em saúde são fundamentais para a implementação eficaz da Segurança do Paciente, utilizando ferramentas gerenciais e de análise de resultados por meio de indicadores de desempenho. 

A implantação da Segurança do Paciente demanda a atenção a diversos pontos cruciais, tais como: 

  • Desenvolvimento de uma cultura de trabalho em equipe; 
  • Estabelecimento de comunicação transparente; 
  • Notificação de não-conformidades e incidentes relacionados ao paciente; 
  • Gerenciamento proativo dos riscos;
  • Tratamento efetivo das causas de danos aos pacientes.

Estes elementos são essenciais para assegurar uma assistência adequada de maneira racional, diversificada e econômica. Dessa forma, buscamos prevenir complicações para o paciente, evitando desperdícios. É nesse contexto que as ferramentas da qualidade desempenham um papel fundamental. 

 3 Ferramentas da Qualidade para fortalecer a Segurança do Paciente 

Diversas ferramentas da qualidade podem ser usadas para aprimorar a Segurança do Paciente, tornando os processos de gestão de qualidade mais eficientes e funcionais. Por Exemplo: 

Diagrama de Ishikawa 

 

 Também conhecido como Diagrama de Espinha de Peixe ou Diagrama de Causa e Efeito. Esta ferramenta pode ser usada para analisar eventos adversos, identificando diversas causas relacionadas.  

Podemos citar, por exemplo falhas nos processos, treinamento inadequado ou problemas de comunicação.  

Sua aplicação envolve a identificação da causa raiz de um problema e sua eliminação.  

Contudo, para alcançar esse objetivo, é necessário descobrir e compreender todas as questões associadas a esse “problema”. Eliminando-as uma a uma, podemos chegar à causa raiz do problema. Daí o termo “causa e efeito”. 

Quando utilizado na gestão da qualidade em saúde, o Diagrama de Espinha de Peixe transforma feedbacks, ideias e problemas identificados em ações práticas.  

Ele faz isso por meio de uma estrutura organizacional que conecta diferentes formas de pensar e variáveis. Proporcionando, dessa forma, uma abordagem mais direcionada e eficaz para lidar com as questões identificadas. 

Matriz SWOT 

Matriz SWOT, também conhecida como análise FOFA, é uma das ferramentas mais utilizadas na gestão da qualidade em saúde. Sua eficácia consiste na capacidade de fornecer resultados significativos por meio de abordagens simples e funcionais para os estabelecimentos. 

A ferramenta está estruturada em quatro partes: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças 

Ela mapeia ações e informações definidas, visando ampliar as melhores oportunidades, aproveitando as forças como impulsionadoras, mas sem deixar de analisar possíveis fraquezas e ameaças que permeiam o negócio. 

Essa perspectiva estratégica ajuda a compreender os pontos críticos na gestão que necessitam de acompanhamento e correção. Além disso, permite identificar as forças que merecem investimentos sólidos, abrindo espaço para oportunidades significativas na melhoria e qualificação dos serviços. 

5W2H 

5W2H é uma sigla em inglês que corresponde a: 

 5W 

  • What? – O que será feito? 
  • Why? – Por que será feito? 
  • Where? – Onde será feito? 
  • When? – Quando será feito? 
  • Who? – Por quem será feito? 

2H 

  • How? – Como será feito? 
  • How Much? – Quanto vai custar? 

Incorporar post  

Para os entusiastas de checklists, o 5W2H é a ferramenta ideal. Sua função é proporcionar respostas para as perguntas mais cruciais de um projeto ou ação, eliminando dúvidas e esclarecendo prazos, responsabilidades e atividades. 

Isso contribui para aumentar o foco nos objetivos e metas, promovendo uma gestão mais eficaz. 

Software para Gestão da Qualidade 

Não posso deixar de mencionar que a tecnologia desempenha um papel fundamental na Gestão da Qualidade. Soluções digitais, como o Qualiex, auxiliam as instituições de saúde em diversos aspectos, tais como: 

  • Rastrear e analisar dados em tempo real; 
  • Identificar tendências; 
  • Monitorar a aderência aos protocolos e padrões de atendimento; 
  • Facilitar a implementação de medidas corretivas. 

Essas ferramentas digitais não apenas simplificam processos, mas também fortalecem a capacidade das instituições de saúde em manter padrões elevados de qualidade e segurança, promovendo uma gestão mais eficiente e orientada por dados. 

Não se esqueça: Segurança do Paciente não se limita a hospitais! 

A Gestão da Qualidade em saúde é um processo multifacetado e dinâmico, buscando constantemente a melhoria contínua na prestação de serviços de saúde. Desde a segurança do paciente até a eficiência das operações, passando pela satisfação do paciente e pelo cumprimento de normas e regulamentações.  

Tenha em mente que a Segurança do Paciente não se limita a hospitais, ela abrange todas as instituições de saúde, incluindo clínicas e centros de saúde 

A Gestão da Qualidade tem sido uma opção estratégica, mas que deveria ser prioridade em todas as aplicações na área da saúde. Isso porque ela auxilia na identificação da eficácia dos processos e na aplicação de novas ferramentas. 

Enfim, a tecnologia tem desempenhado um papel cada vez mais crucial na área da saúde. Ela proporciona ferramentas eficientes para coleta e análise de dados, monitoramento de desempenho e implementação de melhorias. 

Para quem atua na área da Saúde, recomendo o Qualiex. Seus módulos atendem todas as acreditações (PALC, DICQ, ONA…). Além de auxiliar na otimização dos seus processos, ainda contribuirá para dar mais prestígio à sua empresa. 

Não hesite em solicitar uma demonstração agora mesmo. Clique no botão abaixo e fale com um especialista. 

QUERO CONHECER O QUALIEX

Qualiex: O melhor Software para a Gestão da Qualidade! 

Gostou das dicas sobre o uso de ferramentas da qualidade na Segurança o Paciente? Com a ajuda do Qualiex você consegue fazer uma gestão sistêmica e profissional dos processos em sua empresa. Elimine planilhas, ganhe tempo, garanta a conformidade com os requisitos aplicáveis e foque seus recursos no que realmente importa.

E tem mais: Se você é pequena empresa pode contar com a tecnologia Qualiex disponível sob medida para sua organização. O Qualitfy é perfeito para encaixar no orçamento de sua pequena empresa e fazer ela conquistar os resultados que busca.

Além de sermos o melhor software para gestão da qualidade, te ajudamos com cursos de especialistas voltados à gestão, qualidade e excelência por meio da Saber Gestão. Por isso, não perca mais tempo, entre em contato conosco!

 Fonte:  

  • Segurança dos Pacientes — Ministério da Saúde (www.gov.br) 
  • Blog qualidade para a saúde 

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

Blog da Qualidade

Artigos relacionados